Bizarro Curiosidades

Os 6 experimentos mais bizarros do mundo

experimento transplante cabeca macaco - Os 6 experimentos mais bizarros do mundo
Diversos cientistas sentem a capacidade de fazer algo extraordinário para poder comprovar suas teorias, o problema acontece quando algum desses exageram e acabam "brincando" com alguns dos seres vivos.
1. Transplante de cabeça de macaco: 
experimento transplante cabeca macaco - Os 6 experimentos mais bizarros do mundo
 
O cirurgião Robert White revoltado com o feito de Demikhov, fez este transplante com a intenção de superar Vladimir, cientista que havia "criado" o cão de duas cabeças, o transplante foi um sucesso, depois que o macaco acordou ele começou a seguir o cirurgião demonstrando raiva, a cobaia sobreviveu apenas um dia e meio.
 
 
2. O cão de duas cabeças: 
cachorro+de+2+cabe%C3%A7as - Os 6 experimentos mais bizarros do mundo
Vladimir Demikhov, em 1954 mostrou ao mundo sua criação, repórteres não acreditavam no que viam, um cachorro de duas cabeças bebendo leite simultaneamente.
3. Cabeça de cachorro: 
akitavivo - Os 6 experimentos mais bizarros do mundo
 
Sergei Brukhonenko, médico da união soviética, conseguiu fazer com que a cabeça de um cachorro sobrevivesse fora de seu corpo, para provar que a cabeça estava viva ele fez vários testes para a cabeça reagir a eles, como bater com uma marreta em uma mesa e dar comida para ela.
 
4. Homem macaco: 
homem macaco - Os 6 experimentos mais bizarros do mundo
Ilya Ivanov viajou em 1927 para a Africa com a intenção de criar homem híbrido, sua intenção era inseminar chimpanzés fêmeas com esperma humano, isso acabou falhando mas ela voltou para casa com um Chimpanzé apelidado de Tarzan, onde ela procurava mulheres para carregar o filho do Chimpanzé, e incrivelmente algumas aceitaram, mas o Chimpanzé acabou morrendo e Ilya foi presa.
 
5. Trauma em um bebê: 
Capturar - Os 6 experimentos mais bizarros do mundo
 
Este experimento foi feito no bebê Alfred, o professor John Hopkins fez vários testes no bebê, como colocar fogo em jornal, mostrar animais, máscaras, entre outros, um deles foi colocar perto de Alfred um rato com um som alto, ele sentiu medo, depois colocou apenas o rato e Alfred gritou, tentou se afastar do animal, criando o trauma. Hoje a experiência é considerada eticamente incorreta.
Loading Facebook Comments ...

Deixe um comentário