Em uma vala na Venezuela, Matteo Borrini, da Universidade de Florença, Itália, encontrou um estranho esqueleto que pode ser o primeiro exemplo de vampiro de verdade.

Esse achado, era um esqueleto de uma mulher com um tijolo na boca. Nessa região, na Idade Média, quando eles desconfiavam que alguém era vampiro, enterravam-no com um tijolo na boca para detê-lo. Próximo ao local de morte dessa mulher, existia um rumor de que a peste era obra dos vampiros.

Muito provavelmente a lenda dos vampiros surgiu devido ao sangue que é expulso da boca dos mortos. Matteo apresentou conclusões na Academia Americana de Ciências Forenses, no colorado. Onde ele diz, convicto, que esse é o primeiro exemplar de esqueleto de vampiro já encontrado.


 Fonte: Site de Curiosidades 

Comentários

Comentários

Loading...

Deixe um comentário