É difícil de acreditar nestas leis

 

1. Lei da Melancia: Em 1894, a melancia foi proibida na cidade de Rio claro, por ser acusada de ser o agente transmissor de tifo e  da febre amarela, doenças epidêmicas na época. Hoje em dia é letra morta.

melancia 300x257 - As 5 Leis Mais Bizarras do Brasil
2. Proibição da Camisinha: Quando sua cidade de 9 mil habitantes estava com o índice de natalidade muito baixo, o prefeito Élcio Berti proibiu a venda de camisinhas, mas esta lei durou apenas 24 horas.

Camisinha 300x168 - As 5 Leis Mais Bizarras do Brasil
3. Aeroporto alienígena: O prefeito de uma cidade de 55 mil habitantes, criou uma reserva para a criação de um aeroporto para OVNIs, mas nunca saiu do papel.

chicago o hare ufo 300x186 300x186 - As 5 Leis Mais Bizarras do Brasil
4. Erros de Caligrafia: A multa de 500 reais é aplicada para o dono de algum outdoor ou cartaz que tenha  erros de ortografia, regência e concordância.

18335490 AgEac 300x194 - As 5 Leis Mais Bizarras do Brasil
5. Proibido Mascaras: O prefeito Epitácio Cafeteira, afirmou que as mascaras só podiam ser usadas no carnaval ou com licenças. Esta também virou letra morta.

1 PCS Maacute 300x300 - As 5 Leis Mais Bizarras do Brasil


 Fonte: Mundo Estranho 

Comentários

Comentários

Deixe um comentário